Carregando
Facebook SINDPOL/AL Twitter SINDPOL/AL Instagram SINDPOL/AL WhatsApp SINDPOL/AL YouTube SINDPOL/AL (82) 3221.7608 | 3336.6427

Sindjus-AL publica nota de repúdio contra perseguição ao presidente do Sindpol

Por Imprensa (terça-feira, 7/11/2017)
Atualizado em 19 de novembro de 2017

O Sindjus-AL manifestou repúdio à perseguição do Governo do Estado ao presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol), Ricardo Nazário, que teve procedimento instaurado na Corregedoria de Polícia de Alagoas, por ter denunciando à imprensa as precárias condições da Delegacia de União dos Palmares.

Em nota, a coordenação do Sindjus-AL revela que o presidente do Sindpol estava exercendo o seu papel de representante dos policiais civis e de dirigente classista, fiscalizando as condições de trabalho de sua categoria. Veja a nota abaixo:

NOTA DE REPÚDIO AO GOVERNO DE ALAGOAS

O Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal em Alagoas (Sindjus-AL) manifesta repúdio à perseguição do Governo do Estado ao presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol), Ricardo Nazário, que sofreu procedimento instaurado na Corregedoria de Polícia de Alagoas, por ter denunciando à imprensa as precárias condições da Delegacia de União dos Palmares.

Ricardo Nazário estava exercendo o seu papel de representante dos policiais civis e de dirigente classista, fiscalizando as condições de trabalho de sua categoria. A atividade sindical trará benefícios à população, que será mais acolhida pelos policiais civis, se tiverem condições dignas de trabalho.

A coordenação do Sindjus-AL manifesta todo o apoio à direção do Sindpol para superar os ataques do Governo do Estado contra o Sindicato e a categoria.

A coordenação do Sindjus-AL

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2018 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS