Carregando
Facebook SINDPOL/AL Twitter SINDPOL/AL Instagram SINDPOL/AL WhatsApp SINDPOL/AL YouTube SINDPOL/AL (82) 3221.7608 | 3336.6427

Sindicalistas levam a preocupação com as finanças do Estado à deputada Jô Pereira

Por Imprensa (quinta-feira, 8/08/2019)
Atualizado em 8 de agosto de 2019

Lideranças sindicais, como o presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol), levaram a preocupação com as finanças do Estado de Alagoas à deputada Jô Pereira, em virtude dos empréstimos e da renúncia fiscal no governo Renan Filho. O encontro aconteceu, na última sexta-feira (02), no gabinete da deputada.

O presidente do Sindpol, Ricardo Nazário, informa que o Sindicato está fazendo parte do Núcleo Alagoano da Auditoria Cidadã da Dívida, o qual conta com a parceria com a deputada estadual, que também está apreensiva com os empréstimos de 620 milhões ao Banco do Brasil no ano passado, e o endividamento externo de R$ 700 milhões que está sendo concluído pelo governo.

Ricardo Nazário esclarece a categoria a preocupação do Sindpol com o crescimento da dívida pública, que poderá resultar em atraso e suspensão de pagamento de salários dos policiais civis, dos aposentados e pensionistas, inviabilizando também financeiramente o Sindpol.

As entidades sindicais, o Núcleo Alagoano e a deputada vão realizar uma audiência pública da Assembleia Legislativa, no auditório da Universidade Federal de Alagoas, no dia 9 de setembro, às 14 horas, para tratar da Renúncia Fiscal, do Novo Ciclo de Endividamento de Alagoas e do Regime Próprio de Previdência.

 

O professor de Economia da Ufal José Menezes, coordenador do Núcleo Alagoano, também informou sobre a realização do Seminário Internacional 70 anos do Balanço de Pagamento: De onde vem a dependência? Para o mês de setembro.

Na reunião, foi discutida a busca por transparência das ações negociadas pelo governo Renan Filho, bem como conhecer a dívida pública e as renúncias fiscais propostas pelo Executivo desde o seu primeiro mandato. A presidente do Sindifisco, Lúcia Beltrão, alertou que todos os fundos do Estado passaram a ser administrados pela Alagoas Ativos SA, conforme legislação estadual.

A preocupação das entidades também é com a Previdência Estadual. Os sindicatos querem saber os recursos e patrimônio da Alagoas Previdência que visam a garantir a aposentadoria e pensão.

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2019 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS