Carregando
Facebook SINDPOL/AL Twitter SINDPOL/AL Instagram SINDPOL/AL WhatsApp SINDPOL/AL YouTube SINDPOL/AL (82) 3221.7608 | 3336.6427

Policial civil doente aconselha a categoria a priorizar a saúde

Por Imprensa (quarta-feira, 2/01/2019)
Atualizado em 2 de janeiro de 2019

Dirigentes do Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol) prestaram apoio ao policial civil Themildo Duarte das Trevas, conhecido como o chefe Peu, que está internado no antigo Hospital Paulo Neto, no Centro de Maceió.

O chefe Peu não possui plano de saúde e foi internado na véspera do Ano Novo, em decorrência de diabetes, varizes no esôfago e cirrose crônica. O quadro de saúde dele é estável.

O policial civil Themildo passou 31 anos de polícia, servindo a sociedade. Durante esse tempo, ele acumulou sérios problemas de saúde e aconselha os policiais civis a priorizarem a saúde. “Passem a cuidar mais da saúde e da família. O que está ocorrendo comigo é devido ao estresse de 31 anos de trabalho, sendo 20 anos como chefe de polícia”, revela o policial civil.

O vice-presidente do Sindpol, Jânio Vieira, e o 1º Secretário, Bartolomeu Rodrigues, alertam aos policiais civis sobre a necessidade de realização de exames preventivos e de planejamento da aposentadoria. “É um erro o policial está somente trabalhando, pensando nas pequenas vantagens, como a verba de alimentação, o adicional noturno e a gratificação, que não vão para a aposentadoria. O policial civil coloca esses benefícios no seu orçamento e quando adoece, não recebem”, conscientiza Bartolomeu Rodrigues.

O sindicalista destaca que o chefe Themildo tem história na Polícia Civil, de policial civil abnegado ao trabalho e ao atendimento à sociedade. “O Sindpol reconhece a história de luta do Peu e torce por sua recuperação o mais breve possível”, disse Bartolomeu Rodrigues.

Assim que se recuperar, o policial civil disse que vai priorizar a sua saúde e os seus familiares, como filhos e netos.

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2019 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS