Carregando
Facebook SINDPOL/AL Twitter SINDPOL/AL Instagram SINDPOL/AL WhatsApp SINDPOL/AL YouTube SINDPOL/AL (82) 3221.7608 | 3336.6427

MPT e centrais sindicais realizam seminário sobre sindicalismo e Reforma da Previdência nesta sexta

Por Imprensa (terça-feira, 28/05/2019)
Atualizado em 28 de maio de 2019

Campanha de filiação sindical também será lançada no evento desta sexta-feira, no Sindicato dos Bancários

Maceió/AL – O Ministério Público do Trabalho (MPT) em Alagoas e as centrais sindicais com atuação no estado realizam, nesta sexta-feira (31), o seminário “O Movimento Sindical e a Defesa da Previdência Social”. O evento ocorrerá na sede do Sindicato dos Bancários de Alagoas, na Rua Barão de Atalaia, 50, Centro, das 8h30 às 17h, com entrada gratuita e concessão de certificados de participação. Na ocasião, também será lançada uma campanha de filiação sindical.

Ao todo, serão seis palestras divididas em duas mesas redondas. A primeira delas terá como tema “Lutas e conquistas do sindicalismo: a seguridade social e as ameaças da ‘Reforma’ da Previdência”, que contará com exposição dos professores universitários Osvaldo Maciel e José Menezes e da trabalhadora rural Edijane Rodrigues, secretária de Políticas Sociais da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (CONTAG).

A segunda mesa abordará “Os ataques da atual Reforma da Previdência para o conjunto da classe trabalhadora” e terá como expositores o procurador do MPT Cássio Araújo, o juiz federal Antônio José e a advogada Rikartiany Cardoso, do Coletivo Feminista Classista Ana Montenegro, da Universidade Federal de Alagoas.

“Vamos discutir a importância do sindicalismo nas conquistas que resultaram na construção da seguridade social no Brasil, destacando, para isso, a atuação dos movimentos sociais na luta contra os ataques da proposta de reforma da previdência do governo federal”, destacou Cássio Araújo, titular em Alagoas da Coordenadora Nacional de Promoção da Liberdade Sindical (Conalis) do MPT, que completa, em 2019, dez anos.

A Central Única dos Trabalhadores (CUT), Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Central Geral dos Trabalhadores do Brasil (CGTB), Força Sindical, Central Sindical e Popular Conlutas e Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST) realizam o evento em parceria com o Ministério Público do Trabalho.

O seminário terá como público-alvo integrantes de todos os movimentos sociais, trabalhadores dos Regimes Geral e Próprio da Previdência Social e demais interessados. O certificado de participação será de oito horas, a ser entregue por e-mail.

Campanha de filiação

As entidades classistas presentes no seminário lançarão, com apoio do Ministério Público do Trabalho, uma campanha de filiação a fim de reforçar a sua base representativa. O aumento de filiados é fundamental para manutenção de sindicatos e centrais sindicais, que lidam com a queda da contribuição sindical desde o início do ano.

Para alcançar os trabalhadores, a campanha mostrará a atuação e importância das entidades classistas por meio de mídias impressas e digitais, com foco nas redes sociais e na mobilização cotidiana dos seus representados.

O lançamento da campanha será às 13h30, no Sindicato dos Bancários de Alagoas, e terá transmissão ao vivo pelo Instagram do MPT (@mptalagoas).

 

Programação

8h30 – Abertura

9h – Mesa Redonda “Lutas e conquistas do sindicalismo: a seguridade social e as ameaças da ‘Reforma’ da Previdência”

*Perfil 1: A previdência social e o movimento sindical (Osvaldo Maciel, professor da Ufal)

*Perfil 2: Previdências dos trabalhadores rurais (Edijane Rodrigues, secretária de Políticas *Sociais da CONTAG)

Perfil 3: Impactos econômicos da Reforma da Previdência (José Menezes, professor da Ufal)

12h – Almoço

13h30 – Lançamento da campanha de filiação sindical

14h – Mesa Redonda “Os ataques da atual Reforma da Previdência para o conjunto da classe trabalhadora”

*Perfil 1: Seguridade social e seu desmonte (Cássio Araújo, procurador do MPT)

*Perfil 2: Reforma da Previdência, RGPS e RPPS (Antônio José, juiz federal)

*Perfil 3: Efeitos da Reforma da Previdência em relação às mulheres (Rikartiany Cardoso, do Coletivo Feminista Classista Ana Montenegro, da Ufal)

17h – Encerramento

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2019 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS