Carregando
Facebook SINDPOL/AL Twitter SINDPOL/AL Instagram SINDPOL/AL WhatsApp SINDPOL/AL YouTube SINDPOL/AL (82) 3221.7608 | 3336.6427

Materiais de apreensão causam transtornos aos PCs no novo prédio de delegacias de Maceió

Por Imprensa (terça-feira, 12/06/2018)
Atualizado em 12 de junho de 2018

A diretoria do Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol) visitou o novo prédio de delegacias de Maceió e encontrou policiais civis, relatando o excesso de materiais de apreensão da Delegacia de Narcóticos (Dnarc).

 

Os dirigentes constatam que, com a intervenção do Sindpol, as drogas estão sendo incineradas com mais celeridade, mas ainda existem os materiais de apreensão dos inquéritos.

 

Esses materiais estavam na antiga Delegacia de Repressão ao Narcotráfico (DRN) no CODE e foram transferindo para o Dnarc, causando mais transtornos aos policiais.

 

O presidente do Sindpol, Ricardo Nazário, informa que o Sindicato já denunciou a situação ao Ministério Público do Trabalho, inclusive entregou o laudo da Vigilância Sanitária, condenando o acúmulo de drogas pela delegacia.

 

Buscando resolver a situação, o presidente do Sindpol revela que está agendando uma reunião com o Corregedor de Justiça.

 

Ricardo Nazário também já solicitou ao Delegado Geral a aquisição de galpões de custódia para guardar todos os materiais de apreensão, que estão nas delegacias de Alagoas e os que forem apreendidos futuramente.

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2018 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS