Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Lideranças da UPB trabalham pela aprovação do destaque que beneficia as polícias

Por Imprensa (quinta-feira, 11/07/2019)
Atualizado em 11 de julho de 2019

As entidades das forças de Segurança Pública, como o Sindpol-AL, estão realizando grande mobilização em Brasília nesta semana, pela aprovação do destaque na reforma da Previdência, PEC 06/2019.

Do Sindpol, participam o 1º Secretário, Bartolomeu Rodrigues, e o diretor Administrativo, Adriano Gama, ambos dirigentes da Confederação Brasileira dos Trabalhadores Policiais Civis (Cobrapol).

Bartolomeu Rodrigues informa que as lideranças da União das Polícias do Brasil (UPB) e da Segurança Pública foram ameaçadas pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia, que retirou “um pouco de dignidade que restava como destaque ao texto da PEC 06, impondo o que ele e a bancada do PSL acordaram junto aos parlamentares que defendem a segurança pública”. De acordo com o sindicalista, a ameaça era de que se os deputados do Podemos não retirassem o destaque supressivo 72, Maia pretendia criar outro destaque ao texto da PEC, retirando a paridade e a integralidade dos policiais que entraram na atividade policial depois de 2003.

Com a mobilização das Forças de Segurança, os líderes partidários se comprometeram a votar um destaque que será apresentado pelo Podemos, como a integralidade e paridade, idade mínima de 53 anos para homens e 52 anos para as mulheres, além de pensão integral para a família dos policiais. O acordo se estendeu ao governo, que orientou a Advocacia-Geral da União (AGU) a apresentar um parecer concordando com a integralidade e paridade.

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2019 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS