Facebook SINDPOL/AL Twitter SINDPOL/AL Instagram SINDPOL/AL WhatsApp SINDPOL/AL YouTube SINDPOL/AL (82) 3221.7608 | 3336.6427

Delegado adia audiência, Sindpol marcará nova data de ato contra perseguição ao Ricardo Nazário

Por Imprensa (segunda-feira, 27/11/2017)
Atualizado em 29 de novembro de 2017

O presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol), Ricardo Nazário, foi informada de que o delegado não poderá participar da audiência para ouvir o sindicalista nesta terça-feira (28), na Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic). A Polícia Civil também não marcou nova data.

Tendo em vista o cancelamento da audiência, a diretoria do Sindpol suspendeu novamente a realização do ato público contra a perseguição do presidente do Sindpol, Ricardo Nazário.

O presidente do Sindpol destaca que o Governo de Alagoas manipula a Corregedoria. O Delegado Geral publicou portaria, designando dois delegados especiais para investigar o presidente do Sindpol que está mostrando o descaso da Polícia Civil e a situação desumana dos presos. “O Governo do Estado prefere maquiar a situação precária imposta aos policiais civis, buscando intimidar com abertura de procedimento na Corregedoria de Polícia por meio de inverdades”, revela, acrescentando que o Delegado Geral está corroborando com a injustiça, nomeando dois delegados da Deic, que abriu inquérito policial, para investigar a denúncia do delegado de União dos Palmares de que o presidente do Sindpol entrou na delegacia sem permissão, mostrando as condições desumanas dos presos a uma equipe de televisão. Por conta disso, Ricardo Nazário está respondendo por desacato a autoridade, indisciplina, exposição de vida e exposição de fuga de preso.

A diretoria do Sindpol informa que não irá se intimidar e manterá as inspeções nas delegacias e nos Centros Integrados de Segurança Pública (CISPs), sendo comum que os sindicalistas entrem para fiscalizar as condições estruturais dos prédios, verificar a quantidade de preso e avaliar a acomodação dos policiais civis.

Assim que o Sindpol obter a data da audiência na Deic, o Sindpol convocará novamente os policiais civis e movimentos sociais para o ato público contra a perseguição ao presidente da entidade, Ricardo Nazário.

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2018 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS