Carregando
Facebook SINDPOL/AL Twitter SINDPOL/AL Instagram SINDPOL/AL WhatsApp SINDPOL/AL YouTube SINDPOL/AL (82) 3221.7608 | 3336.6427

Cobrapol alerta contra a reforma do CPP que pode prejudicar a categoria

Por Imprensa (terça-feira, 14/08/2018)
Atualizado em 14 de agosto de 2018

Na reunião do Conselho de Entidades da Cobrapol, os representantes da Confederação e dos sindicatos dos policiais civis fizeram um alerta quanto à reforma do Código de Processo Penal (Decreto-lei 3.689/1941), em análise por uma Comissão Especial da Câmara.

Pela proposta, os atos da Polícia Judiciária serão exclusivos aos delegados, como os registros de Boletim de Ocorrências, o Termo Circunstanciado de Ocorrência, entre outros procedimentos, que os policiais civis poderiam realizar. A Polícia Militar e o Ministério Público também estão questionando essa mudança. A Cobrapol também informou que os deputados militares estão fazendo intervenção junto aos parlamentares para que não haja essa mudança.

O presidente do Sindpol, Ricardo Nazário, e o vice-presidente, Jânio Vieira, participaram da reunião, em Brasília, nos dias 7 e 8 de agosto. O vice-presidente do Sindpol informa que a Cobrapol faz intervenção para que se coloque no Código de Processo Penal os policiais civis como os responsáveis pelos atos da Polícia Judiciária.

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2018 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS