Carregando
(82) 3221.7608 | 3336.6427

Arraiá do Sindpol resgata as tradições das festividades juninas dos Policiais Civis

Por Imprensa (quinta-feira, 20/06/2019)
Atualizado em 20 de junho de 2019

Em um clima de muita descontração e ambiente familiar, o Arraiá do Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas – Sindpol reuniu cerca de 300 pessoas em frente à sede, na quinta-feira (19). Ao som da banda Abanos do Forró, os policiais civis e seus convidados se divertiram com segurança, degustando comidas típicas, churrasquinhos, caldinhos e chopp bem gelado.

Tudo organizado com muito capricho pela comissão de diretores do Sindpol responsáveis pelo evento. Além de uma encantadora decoração junina, foi acesa uma fogueira que esquentou o clima junino.

O presidente do Sindpol, Ricardo Nazário, destacou que a nova gestão tem a preocupação de promover momentos de lazer para os sindicalizados e seus dependentes. “Nada mais justo que o Sindpol realizar eventos como este, que além de resgatar as tradições, proporciona aos policiais civis diversão, encontros com amigos de profissão, desviando do estresse do dia-dia.”

Um dos organizadores do evento, o diretor Financeiro, Carlos José, pontuou que o Arraiá do Sindpol 2019 teve o objetivo de restaurar as tradições juninas. “Estávamos carentes de eventos na casa dos policiais civis. É um novo Sindpol junto com as famílias nas tradições juninas”.

Aprovando o local da festa, o policial civil Vanderi Júnior parabenizou a realização do evento, destacando o ambiente familiar e próximo da categoria”, completou.

Mobilização
O presidente do Sindpol alertou os policiais civis presentes, que a PEC/2019 da Reforma da Previdência, aprovada, irá retirar os direitos dos policiais civis e acabar com aposentadoria especial. Solicitou que a categoria atenda o chamado do sindicato e esteja presente nas mobilizações. “É necessário obtemos essa reflexão, que a diretoria sozinha é muito difícil conquistar ganhos. E juntos temos mais forças para ao embate”.

Na ocasião, o presidente recordou que até agora, o governo não sinalizou o pagamento do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) mais ganho real.

O diretor de Comunicação, Edeilto Gomes, advertiu os policiais civis da ativa e aposentados que pensam que a Reforma não irá atingi-los. “A partir do momento que aumenta a alíquota, de 11% para 14% ou até 22%, o policial está tendo redução de salário. Essa Reforma atingi nossa família, nossa esposa com o corte pela metade da pensão, em caso de morte”.

O vice-presidente, Jânio Vieira, reforçou que é bastante importante a participação da categoria nas mobilizações. “Todos serão prejudicados com a Reforma da Previdência. O Sindpol está se empenhando, fazendo assembleias, realizando protestos e seminários e indo para Brasília. Mas é extremamente necessário o apoio de todos para garantir nossos direitos”.

Veja a seleção de fotos, através do link:
https://www.facebook.com/pg/sindpolal/photos/?tab=album&album_id=2268264156561321

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2019 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS