Carregando
Facebook SINDPOL/AL Twitter SINDPOL/AL Instagram SINDPOL/AL WhatsApp SINDPOL/AL YouTube SINDPOL/AL (82) 3221.7608 | 3336.6427

Saúde da Mulher: a importância da prevenção anual

Por Imprensa (sexta-feira, 19/01/2018)
Atualizado em 22 de Janeiro de 2018

Conhecidas por seu cuidado maior com a saúde, algumas mulheres ainda relutam a marcar consultas periódicas com seu ginecologista, relegando a importância da prevenção anual. Este é um exame fundamental para a detecção de doenças como o câncer de colo de útero. Confira neste artigo as principais razões para manter a consulta com o ginecologista em dia.

Razão 1: Prevenção do câncer de mama e colo do útero

Embora algumas mulheres frequentem o ginecologista apenas para o tratamento de cólicas menstruais, corrimentos ou escolha de um método anticoncepcional, a consulta anual com ginecologista ajuda a evitar graves doenças. Com o acompanhamento clínico, o médico pode verificar a necessidade de se realizar exames para a detecção precoce do câncer de mama. Além disto, a realização do exame papanicolau pode prevenir doenças causadas pelo vírus HPV.

Razão 2: Tratamento de irregularidades menstruais

Menstruação irregular ou ausente e dores intensas podem revelar doenças como a síndrome dos ovários policísticos, problemas de tireoide e desnutrição. Por isso é importante que o acompanhamento constante com o ginecologista para evitar o agravamento destes sintomas.

Razão 3: Controle de desequilíbrios hormonais

Idas regulares ao ginecologista, ajuda a controlar desequilíbrios hormonais comuns durante a gravidez, o período pré-menstrual ou a menopausa. Somente um médico pode acompanhar a situação hormonal da paciente e receitar medicamentos para equilibrar os hormônios, minimizando os efeitos deste desequilíbrio.

Razão 4: Definir métodos anticoncepcionais

A razão mais buscada por muitas mulheres para uma única consulta ao ginecologista também deve ser utilizada para justificar a importância da prevenção anual. Embora seja possível encontrar um método para evitar a gravidez indesejada rapidamente, a adaptação a esta estratégia e a ocorrência de efeitos colaterais podem ser corrigidos apenas com a ida periódica ao médico. Por esse motivo, se você não se adaptar a um medicamento somente o ginecologista pode oferecer outras opções que possam se adaptar melhor às suas necessidades e ao funcionamento de seu corpo.

Razão 5: Tratar disfunções sexuais

A prevenção anual pode ajudar ainda a tratar disfunções sexuais femininas. Segundo estudos, de 19% a 50% das mulheres sofrem de problemas como dores durante a relação sexual, falta de desejo ou dificuldades para atingir o orgasmo. Razões emocionais, físicas ou o uso de entorpecentes podem causar estes sintomas. Por isso, a consulta regular com um ginecologista ajuda a mulher a enfrentar estes problemas e viver plenamente sua sexualidade.

Razão 6: Ter uma gestação saudável

Mulheres que pretendem engravidar devem enxergar na prevenção anual a oportunidade de ter uma gestação saudável, pois o ginecologista costuma pedir à mulher que realize exames como a histerossalpingografia (teste feito com raios-X e uso de contraste) e a histeroscopia (exame endoscópico). Estes testes ajudam o profissional a fazer uma análise mais profunda do sistema reprodutivo e identificar qualquer dificuldade que a mulher venha a ter para engravidar, receitando tratamentos para corrigir o problema. Quais exames devem ser realizados durante a prevenção anual? Conscientizadas da importância da prevenção anual, toda mulher deve solicitar a seu ginecologista a realização dos seguintes exames: Exame do Papanicolau (a partir do início da vida sexual), ultrassom pélvico transvaginal e de mamas, colonoscopia, vulvoscopia, captura híbrida e exames de sangue. Que tal dar o primeiro passo para uma vida saudável?

Fonte: Clínica Sim

Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Comentários

Faça agora seu Recadastramento
e fique informado

© Copyright 2001 - 2018 | SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DE ALAGOAS